10 coisas que você precisa saber para trabalhar com vendas

 

E provavelmente não te falaram. 

 

Então você está naquela fase da vida em que precisa seguir estudando, fazendo um Curso Técnico, uma Graduação, concluir e se formar para atuar profissionalmente na função dos seus sonhos e conquistar o seu lugar no mercado. Para isso tem que pagar as contas e se viabilizar de todas as formas, quer a sua autonomia financeira e por um tempo decide trabalhar com Vendas.  
Atualiza o currículo, revisa suas pretensões de atividades, capricha na descrição de suas competências e se habilita a processos seletivos. Num desses processos você conquista a contratação. A empresa seleciona você para o cargo e o seu treinamento é iniciado. 
Tudo corre dentro dos seus planos, mas neste momento algumas informações vitais sobre a função e sua rotina de trabalho não chegam para você com toda a clareza. Vamos aqui dar uma olhada nelas e conferir quais você já conhece. 
1 – Dependendo do porte da empresa que te contratou, você derrubou na média entre 99 a 199 candidatos que foram avaliados como você, desde o currículo, passando por testes e entrevistas. 
Parabéns! Mas isso aumenta muito as expectativas sobre você e os resultados que terá que entregar. 
2 – Ao aceitar a vaga, função, remuneração, rotina e metas, aceitou também ser responsável por uma fatia significativa do faturamento mensal da empresa. Ou seja, aceitou e se comprometeu com isso. É bom pensar com profundidade no que isso representa. 
3 – A quantidade de “nãos” que você vai levar por dia de trabalho, varia de 10 a 50, conforme o tipo de venda, o produto ou serviço que vai vender, o mercado e o nível de concorrência que a empresa tem. Vender é para os fortes. Significa transformar “não” em “talvez” e depois em “sim”. 
4 – O processo de formação profissional para atuar com Vendas e ser bem-sucedido no Brasil é precário. O Profissional de Vendas é formado por fragmentos, ou seja – ou por iniciativa própria através de Cursos avulsos, leitura, palestras ou por investimento da empresa que nem sempre corresponde à necessidade de qualificação para formar um excelente profissional de carreira. Não espere a empresa investir em você. Busque cursos, palestras, procure conteúdos relevantes, mantenha o hábito da leitura, mantenha o radar ligado na economia e na concorrência. 
5 – Antes de dar certo, vai dar errado muitas vezes. Você vai errar, sua empresa vai errar, alguém vai errar. E mesmo assim você precisará ser a parte positiva da experiência do Cliente. Será sempre responsável por dar as boas notícias, as más notícias e seu foco precisará ser sempre em solução, respostas, opções. Seja especialista em resolver problemas, exercite permanentemente a sua boa vontade e sua atitude. Pense e aja positivamente. 
6 – Domine o seu plano A, mas tenha sempre um plano B e um plano C na manga e de preferência já engatilhados. Isso significa imaginar cenários – se tudo for bem, se for mais ou menos e se tudo der errado. Exercite a sua criatividade. 
7 – Foque nas variáveis que estão dentro do seu controle, tudo o que é seu e que você pode gerenciar e modificar. Não perca seu valioso tempo com variáveis que estão fora do seu controle como clima, instabilidade da internet, o colega que não foi trabalhar, o mau humor de alguém. Experimente ser o seu próprio Gestor. Afinal de contas, você trabalha para você, para pagar suas contas, investir, estudar, comprar, viajar, ser feliz, fazer alguém feliz. A empresa é apenas o meio onde você aprende e prova que é uma pessoa de valor. Então gerencie o seu tempo como uma moeda, como se fosse dinheiro. 
8 – Esteja preparada(o) para entrar pela porta da frente, mas lembre-se: normalmente existem a porta dos fundos, a escada, o elevador, a rampa, a saída de emergência, até mesmo uma janela. Procure identificar todos os acessos. Monte sua estratégia, reconheça o território onde vai se aproximar e se relacionar. Se não der certo de um jeito, tente de outro, seja persistente. 
9 – Venda não é uma ciência exata, embora a rotina seja em cima de números, metas, taxa de conversão, comissões. Às vezes faremos tudo certo e a venda não vai acontecer e em outras por alguma razão não conseguiremos fazer o nosso melhor e ainda assim o Cliente decide comprar. Procure ser a sua melhor versão todos os dias. Pratique o Kaizen para você. 
10 – Por todas essas razões e mais algumas, pessoas “normais” não conseguem se adaptar e serem felizes trabalhando com Vendas. Então avalie se é essa a rotina e esse desafio que te interessam neste momento e se você aceita essas condições. 

Entretanto, escolhendo trabalhar com Vendas, tenho algumas boas notícias para você. O tédio não fará parte da sua rotina, pois os Clientes são diferentes, as objeções mudam, a concorrência nos desafia. Sua criatividade será altamente estimulada, o que vai levar você a superar-se em pesquisa, perguntas inteligentes, argumentação e defesa do seu ponto de vista. A atividade como profissional de Vendas também lhe trará um exercício contínuo de escutar atentamente, prestar atenção no outro e exercer a empatia – competência cada vez mais rara hoje em dia e muito valorizada em diversas outras atividades. É com toda certeza uma das profissões mais estimulantes, pois quanto melhor você fica, mais você vende e quanto mais vende melhor se remunera. 

Para finalizar, aproveito para lembrar: uma das poucas profissões que oferece vagas permanentemente. Afinal, qual é a empresa que não precisa vender? 

Please reload

Posts Recentes

November 29, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Solicite uma proposta.

Agradecemos sua visita! 

  • WhatsApp
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Instagram

Contato:

Maria Angélica Prates Güntzel

Porto Alegre - RS

​WhatsApp (RS): 51-984328121
WhatsApp (SC): 48-988476711

​E-mail: contato@eventsoffice.com.br